terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O vazio

Assusta, condena e por fim...liberta! Ele te faz aprender a gozar do maior tipo de liberdade que existe, na minha opinião: a liberdade de escolher como você quer se sentir neste momento (você as vezes parece não ter escolha, mas tem) e esse é o passaporte para entrar e sair do vazio, confortavelmente, com a coragem de quem sabe o quer e quando quer. E de repente, sendo assim, o vazio se torna o refugio sereno e lar das inúmeras possibilidades! Só lhes digo é algo que chegar a essa postura realmente nos torna de uma maneira simples... felizes!

Um comentário:

Rafael disse...

Concordo, é algo mágico. Quando tu percebe que a tua condição depende do teu desejo, da tua vontade tu passa a controlar o rumo da tua felicidade. Beijo menina.